NOTÍCIAS

  • BioLiving

Albergaria +Ativa já começou

Atualizado: 8 de mar.

Está a começar o projeto de envelhecimento ativo e ambiental, em Albergaria-a-Velha.


A Associação BioLiving terminou o ano de 2021 de forma motivada, com a notícia de que foi uma das entidades premiadas na 3ª edição do Prémio BPI Fundação "la Caixa" Rural 2021.


Os prémios BPI Fundação "la Caixa" são atribuídos todos os anos com o objetivo de apoiar projetos sociais e o projeto submetido pela BioLiving pretende promover o envelhecimento ativo através do contacto com a Natureza.


"Albergaria +Ativa" surge, assim, para combater o isolamento social e sensibilizar a população sénior do concelho de Albergaria-a-Velha para a proteção e conservação da biodiversidade local, através da dinamização de passeios interpretativos, ações de voluntariado ambiental e atividades intergeracionais de partilha de saberes, entre outras atividades.

Primeira atividade do "Albergaria +Ativa"
(Associação Social para Idosos com Vida,
S. João de Loure e Frossos)

Este projeto conta com parcerias, como a Associação Social para Idosos com Vida (ASIV), a PRAVE - Associação de Promoção de Albergaria-a-Velha e a Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha.


Foi com um momento de partilha e reflexão conjunta que o "Albergaria +Ativa" teve início, no dia 28 de janeiro de 2022, com uma atividade com os utentes da ASIV, em S. João de Loure e Frossos.


O objetivo da primeira atividade foi despertar algumas memórias dos participantes referentes às suas vivências na natureza, promovendo a partilha de memórias, praticando uma escuta ativa e sensível. Para isso, recorreu-se à leitura de um livro infantil sobre a importância de recordar e foi pedido aos participantes que levassem objetos que lhes despertassem memórias e vivências de infância.













Utentes do ASIV a mostrar o objeto pessoal da sua infância (S. João de Loure e Frossos)

Depois de reavivar memórias, foi feito um apelo à criatividade dos participantes para criarem crachás de identificação pessoal, utilizando os elementos da natureza (ex.: sementes, folhas, ramos,...) que sentiam que os representavam mais. Nesta identificação pessoal, os participantes incluíram o seu nome e um cognome, com base numa característica positiva que os caracterizasse, para fortalecer a sua valorização pessoal. Como resultado, ficaram com uma pequena lembrança de uma manhã bem passada em contacto com a natureza e uns com os outros.



Utentes do ASIV a construir ou mostrar o seu crachá de identificação (S. João de Loure e Frossos)

As atividades do projeto "Albergaria +Ativa" continuarão ao longo do ano de 2022, contribuindo para o envelhecimento ativo e capacitação dos séniores albergarienses para a conservação ambiental, em várias freguesias do concelho e em parceria com várias entidades locais, guiando-os de volta à Natureza.


76 visualizações0 comentário